Remédio para refluxo

Precisa de uma recomendação de remedio para refluxo? Veja uma lista com as melhores opções

O remédio para refluxo é uma das peças fundamentais no tratamento deste problema gastrointestinal, que envolve algumas mudanças no estilo de vida e também nos hábitos alimentares do paciente.

Porém, em casos mais graves é necessário que ele passe por uma cirurgia para resolver o problema.

Geralmente os sintomas do refluxo que aparecem nas pessoas é o ardor no peito ou regurgitação, mas desaparecem após iniciar o tratamento adequado para a doença, que ajuda a diminuir a dor, ardência e também o desconforto do paciente.

Principais remédios para refluxo

Os principais medicamentos utilizados no tratamento do refluxo são eles:

Inibidores da produção ácidos

Esses remédios são para impedir a produção de ácido no estômago, reduzindo assim a queimação que provocada pelo refluxo.  Esses remédios são:

Omeprazol para refluxo

Este medicamento é para aliviar a acidez e o refluxo, além de servir para prevenir úlceras e dores no estômago. Normalmente ele é tomado em dose única.

A duração do tratamento com este medicamento é determinada pelo o médico, de acordo com os sintomas do paciente.

Esomeprazol Magnésio para refluxo

Esse remédio para refluxo alivia os sintomas da azia, além de ajudar também na cicatrização das feridas no estômago do paciente.

A dosagem deste medicamento é única e o tratamento com ele deve durar no máximo dois meses.

Pantoprazol para refluxo

O Pantoprazol  é um  remédio receitado pelo o médico para cuidar da gastrite, porque ajuda na cicatrização das feridas e combatendo a acidez do estômago.

Assim ele consegue aliviar as dores do paciente prevenindo também contra as lesões na mucosa do sistema digestivo.

Remédio para refluxo

Medicamentos Antiácidos para refluxo

Os remédios antiácidos são apenas para aliviar os sintomas do refluxo como azia e queimação, mas não servem para curar o problema.

Eles são encontrados em comprimidos, pastilhas e também em solução esses medicamentos são:

Leite de Magnésia de Philips para refluxo

É um medicamento que combate a azia e facilitar também as evacuações, eliminando a prisão de ventre.

O leite de Magnésia é recomendado para adultos e crianças acima dos 12 anos, podendo tomar uma colher deste medicamento por pelo menos 3 vezes por dia.

No entanto, as crianças a partir de 2 a 12 anos só devem tomar uma colher do remédio quando for necessário, não podendo passar de duas colheres ao dia.

Pepsamar para refluxo

Este remédio para refluxo é um antiácido e é encontrado nas farmácias em forma de pastilhas.

A recomendação é mastigar de 2 a 4 pastilhas, 1 hora após as refeições.

Geralmente o tratamento com este medicamento não passa de 14 dias.

Medicamentos Procinéticos para refluxo

Esses remédios esvaziam o estômago do paciente rapidamente, ajudando assim a diminuir a sensação desagradável do refluxo.  Os medicamentos são:

Domperidona para refluxo

Este medicamento é indicado para vários problemas digestivos como inchaço, estufamento após comer, gases, azia, má digestão, refluxo e vômitos.

A recomendação é tomar o remédio pelo menos 30 minutos antes das principais refeições, 3 vezes ao dia, as dosagem podem variar entre 0,25 a 10 mg.

Bromoprida para refluxo

Este remédio acelera o esvaziamento do estômago do paciente, facilitando desta forma a digestão e impedindo também que os alimentos e os ácidos voltem ao esôfago, provocando os sintomas deste problema.

Remédio para refluxo

Benefícios dos remédios para refluxo

Os medicamentos para refluxo são fundamentais para tratar deste problema, eles ajudam a aliviar os sintomas e as sensações desagradáveis.

Além desses remédios que foram mencionados, os caseiros também podem ajudar bastante no tratamento. Alguns exemplos são o chá de camomila, chá de gengibre, vinagre de maça e água com limão.

No entanto, o paciente não deve se aventurar e tomar por conta própria, primeiramente é importante consultar o médico para saber qual é a sua recomendação.

As informações foram úteis para você? Deixe a sua opinião!

Deixe um comentário