Remédio para dor no estômago

Se você está precisando de um remedio para dor no estômago, confira as principais opções disponíveis nas farmácias

O remédio para dor no estômago tem o objetivo de aliviar a dor dos sintomas que podem ser de gastrite, de excesso de gases ou de inflamação provocada pela ingestão de alimentos mal conservados. Às vezes os sintomas também podem vir acompanhados de diarreia e vômitos.

Além disso, a dor no estômago também pode ser provocada pela ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, café e comidas com muita pimenta, bem como estresse, ansiedade e nervosismos do dia a dia que também podem contribuir no aparecimento deste problema.

Quando a dor não vai embora, é necessário que a pessoa faça uma consulta com o médico gastroenterologista para ele receitar algum medicamento.

Principais remédios para dor no estômago

Após uma avaliação o médico irá receitar o medicamento adequado para o seu problema que podem ser:

Antiácidos para dor no estômago

Os medicamentos antiácidos atuam no organismo do paciente paralisando o ácido do estômago, que é produzido para auxiliar na digestão dos alimentos.

Ao fazer isso, o remédio protege o estômago fazendo que os ácidos sejam menos agressivos, diminuindo a dor e a queimação.

Na composição desses medicamentos existe hidróxido de alumínio, carbono de cálcio, bicarbonato de sódio e magnésio. Um exemplo de remédio para dor no estômago é o Estomazil.

Remédio para dor no estômago

Remédios inibidores da produção de ácido para dor no estômago

Esses medicamentos atuam diminuindo a quantidade de ácido clorídrico que é produzido pelo estômago, o que consequentemente reduz a dor e as lesões que o ácido provoca na úlcera.

Alguns medicamentos usados são o omeprazol, lansoprazol, esomeprazol e pantoprazol.

Remédios para esvaziamento gástrico

Esses medicamentos são para esvaziar o estômago e agem acelerando o funcionamento do trânsito intestinal do paciente, dessa forma faz com que a comida ingerida permaneça no intestino por menos tempo.

Os remédios mais usados para aliviar o estômago também são os mesmos que são utilizados para tratar de vômitos e refluxo: Domperidona, Cisaprida e Metoclopramida.

Protetores gástricos para dor no estômago

Esse tipo de medicamento forma uma proteção para o estômago para evitar que o paciente fique sentindo dor e queimação.

O organismo humano possui uma espécie de mecanismo que é responsável por produzir o muco de proteção das “paredes” do estômago, o que impede as agressões do ácido.

No entanto, existem casos que a produção deste muco é diminuída, provocando novamente a agressão da mucosa.

Diante deste problema, os medicamentos protetores gástricos que podem ser receitados pelo médico são Sucralfato e também os Sais de Bismuto, que ajudam a melhorar o sistema proteção do estômago do paciente criando uma espécie de “barreira” contra as dores.

Remédio para dor no estômago

Principais causas da dor no estômago

Existem vários problemas que provocam incômodos na região abdominal, por este motivo o médico só pode receitar um remédio para dor no estômago após fazer uma avalição no paciente.

Os principais problemas são:

Dor no estômago e gases

Quando a pessoa está sofrendo com esses dois problemas, geralmente é um sinal de má digestão, que pode estar relacionada com alguma complicação, por exemplo, gastrite.

Isso ocorre quando o bolo alimentar não encontra uma situação agradável no estômago, por conta da bactéria H. Pylori, que atrapalha a digestão e faz com que o alimento permaneça no estômago por várias horas, provocando os arrotos.

Diarreia e dor no estômago

Esses dois problemas podem indicar os sintomas de gastroenterite, e neste caso, é recomendado beber líquidos como água, chá, soro caseiro, além de estimular o seu apetite consumindo alimentos leves, como por exemplo, arroz branco, frutas ou biscoitos sem recheio.

No entanto, se o paciente apresentar outros sintomas como vômitos, febre ou calafrios, é importante ir ao hospital.

Dor no estômago após comer

Neste caso, a dor pode ser um sintoma de gastrite, refluxo ou úlcera.

Esse problema pode provocar no paciente a sensação de azia após terminar a refeição ou quando estiver deitado.

Diante desta situação, a pessoa deve deixar a sua cabeça elevada na cabeceira da cama e não consumir alimentos gordurosos, como por exemplo, carnes, frituras, pimentão, tomate, milho e leite.

Todos esses alimentos aumentam a acidez do estômago.

Deixe um comentário