Remédio para cólica menstrual

Remédios para cólica menstrual

Confira a relação do que há de melhor em remédio cólica menstrual

Quais os sintomas da cólica menstrual?

Quando uma mulher está em seu período fértil, pode sofrer com as temidas cólicas menstruais.

Nesses casos, os sintomas apresentados são dores nas regiões abaixo e laterais do ventre, costas, nádegas e vagina, que podem se apresentar de forma espasmódica (ou seja, como câimbras na região da pélvis muito agudas e espaçadas).

Em outros casos, a cólica menstrual pode se manifestar de forma congestiva, ou seja, como uma dor profunda e muito intensa.

Além desses sintomas, algumas mulheres podem ter dores de cabeça, aumento das mamas, enjoo, diarreia, vômito, exaustão física, insônia, sono excessivo, nervosismo, desmaio ou, ainda, mudanças de comportamento.

Remédio para cólica menstrual

Como tomar remédio para cólica?

A ingestão do remédio para cólica deve acompanhar o objetivo da paciente. Caso ela queira evitar o aparecimento das dores, o uso da pílula anticoncepcional é uma boa saída.

O medicamento deve ser tomado uma vez ao dia, em um horário determinado pela paciente, e respeitando o tipo do medicamento (com ou sem pausa de sete dias).

Já para aquelas que estão sentindo as dores da cólica menstrual, uma alternativa é o uso de anti-inflamatórios não esteroides. Além de combater a dor, esses medicamentos combatem a inflamação abdominal, e devem ser ingeridos uma hora antes ou no início das cólicas, sempre em intervalos de seis a oito horas.

Melhor remédio para cólica forte

Quando a paciente está sofrendo com uma cólica forte, e os medicamentos a que está acostumada a usar não surtem efeito, o indicado é apelar para uma opção realmente eficaz, e que combata o problema definitivamente.

Neste caso, uma boa alternativa é o Ponstan, considerado o melhor remédio para cólica forte.

Com o ácido mefenâmico, ele age diretamente nas substâncias que estimulam a inflamação causadora das cólicas, reduzindo as dores e, inclusive, acabando com a febre, caso a mulher também esteja com esse problema.

No entanto, por ser um medicamento muito forte, seu uso é desaconselhado para menores de 14 anos.

Remédio para cólica Buscopan

O Buscopan é, sem dúvida, um dos medicamentos mais conhecidos no tratamento das cólicas menstruais. Sua eficácia se deve à combinação de elementos em sua composição.

O remédio contém butilbrometo de escopolamina, uma substância que inibe a ação do sistema nervoso central sob os músculos lisos, aqueles que se contraem involuntariamente. São esses músculos os responsáveis pelas cólicas menstruais.

Seu uso é muito popular também porque o Buscopan é muito fácil de encontrar e de tomar. É vendido em farmácias de todo o Brasil e está disponível tanto em formato de comprimido como em gotas.

Além disso, é um medicamento relativamente comum e que tem pouquíssimos efeitos colaterais, o que o torna ainda mais popular.

Remédios caseiros para cólica

Algumas vezes, a solução para as cólicas menstruais está em sua própria dispensa, sob a forma de chás que contornam muito bem o problema. Veja alguns remédios caseiros.

Chá de lavanda

Mistura excelente para combater as cólicas menstruais, pois estimula a circulação periférica.

Para prepará-lo, coloque 50 gramas de folhas de lavanda em um litro de água e deixe a água ferver. Deixe a mistura esfriar, retire as folhas e aplique-as sobre o abdômen a cada duas ou três vezes por dia.

Chá de folhas de mangueira

Com propriedades anti-espasmódicas, ele ajuda a amenizar as cólicas.

Para preparar a bebida, coloque 20 gramas de folhas de mangueira em um litro de água e deixe ferver por cinco minutos. Depois desse tempo, tape e deixe amornar.

Coe e adoce o chá com uma colher de mel a cada vez que for consumir a bebida. O ideal é tomar o chá quatro vezes ao dia, nos dois dias que antecedem a descida da menstruação e no primeiro dia do fluxo.

Chá de Agnocasto

Com propriedades sedativas e antiespasmódicas, a bebida ajuda a equilibrar os níveis dos hormônios, aliviando as cólicas, espinhas, a TPM e também criando um ciclo menstrual regular.

Para prepará-lo, basta ferver 200 ml de água com uma colher de agnocasto e deixar repousar por 15 minutos, coar e beber de duas a quatro vezes ao dia.

Remédios para cólicas de bebês

As cólicas não exclusivas das mulheres durante o período menstrual. Os bebês costumam sofrer com cólicas, em diferentes fases de seu desenvolvimento.

Mas, para eles, é preciso tomar cuidado com os medicamentos utilizados, por conta da saúde frágil dos pequenos.

Por isso, o mais comum é que sejam utilizados remédios que estimulem a liberação dos gases, para que as dores diminuam.

No entanto, existem outras táticas que podem ser postas em prática pelos pais, como massagens na barriga, aquecer o abdômen com uma bolsa de água quente, fazer movimentos de bicicleta com as perninhas do bebê, dar um banho morno ou, ainda, colocar a criança para arrotar depois de cada mamada.

Média de preços de remédios para cólica

Existe uma grande variedade no mercado de remédios que acabam com a cólica. Por isso, a faixa de preços desses produtos é bem grande e pode variar de acordo com o medicamento.

É possível encontrar opções muito em conta, como o Buscopan, cujo preço não costuma superar os R$ 20. Já os anticoncepionais podem ter um custo maior, reflexo da fórmula utilizada e da quantidade de comprimidos existentes na cartela.

Remédio para cólica menstrual

Quanto tempo leva para passar a cólica menstrual

O período de duração da cólica menstrual varia de acordo com sua intensidade.

No caso das cólicas primárias, menos intensas, as dores duram de dois a três dias antes da menstruação, enquanto nas cólicas mais intensas o incômodo costuma aparecer até duas semanas antes do período menstrual e se extender por todo o ciclo.

No entanto, é importante que a mulher fique atenta a complicações, como sangramentos, febres ou mesmo dores muito intensas. Caso algum desses fatores apareça, é fundamental buscar ajuda médica o mais rápido possível.

Remédio para cólica menstrual
As informações foram úteis para você? Deixe a sua opinião!

Deixe um comentário